• |Provérbios 20:1| O vinho é zombador e a bebida fermentada provoca brigas; não é sábio deixar-se dominar por eles.

  • |Provérbios 20:2| O medo que o rei provoca é como o do rugido de um leão; quem o irrita põe em risco a própria vida.

  • |Provérbios 20:3| É uma honra dar fim a contendas, mas todos os insensatos envolvem-se nelas.

  • |Provérbios 20:4| O preguiçoso não ara a terra na estação própria 36; mas na época da colheita procura, e não acha nada.

  • |Provérbios 20:5| Os propósitos do coração do homem são águas profundas, mas quem tem discernimento os traz à tona.

  • |Provérbios 20:6| Muitos se dizem amigos leais; mas um homem fiel, quem poderá achar?

  • |Provérbios 20:7| O homem justo leva uma vida íntegra; como são felizes os seus filhos!

  • |Provérbios 20:8| Quando o rei se assenta no trono para julgar, com o olhar esmiúça todo o mal.

  • |Provérbios 20:9| Quem poderá dizer: “Purifiquei o coração; estou livre do meu pecado”?

  • |Provérbios 20:10| Pesos adulterados e medidas falsificadas são coisas que o SENHOR detesta.