Lucas


  • |Lucas 18:1| Então Jesus contou aos seus discípulos uma parábola, para mostrar-lhes que eles deviam orar sempre e nunca desanimar.

  • |Lucas 18:2| Ele disse: “Em certa cidade havia um juiz que não temia a Deus nem se importava com os homens.

  • |Lucas 18:3| E havia naquela cidade uma viúva que se dirigia continuamente a ele, suplicando-lhe: ‘Faze-me justiça contra o meu adversário’.

  • |Lucas 18:4| “Por algum tempo ele se recusou. Mas finalmente disse a si mesmo: ‘Embora eu não tema a Deus e nem me importe com os homens,

  • |Lucas 18:5| esta viúva está me aborrecendo; vou fazer-lhe justiça para que ela não venha mais me importunar’ ”.

  • |Lucas 18:6| E o Senhor continuou: “Ouçam o que diz o juiz injusto.

  • |Lucas 18:7| Acaso Deus não fará justiça aos seus escolhidos, que clamam a ele dia e noite? Continuará fazendo-os esperar?

  • |Lucas 18:8| Eu digo a vocês: Ele lhes fará justiça e depressa. Contudo, quando o Filho do homem vier, encontrará fé na terra?”

  • |Lucas 18:9| A alguns que confiavam em sua própria justiça e desprezavam os outros, Jesus contou esta parábola:

  • |Lucas 18:10| “Dois homens subiram ao templo para orar; um era fariseu e o outro, publicano.