João


  • |João 6:1| Algum tempo depois, Jesus partiu para a outra margem do mar da Galileia (ou seja, do mar de Tiberíades),

  • |João 6:2| e grande multidão continuava a segui-lo, porque vira os sinais milagrosos que ele tinha realizado nos doentes.

  • |João 6:3| Então Jesus subiu ao monte e sentou-se com os seus discípulos.

  • |João 6:4| Estava próxima a festa judaica da Páscoa.

  • |João 6:5| Levantando os olhos e vendo uma grande multidão que se aproximava, Jesus disse a Filipe: “Onde compraremos pão para esse povo comer?”

  • |João 6:6| Fez essa pergunta apenas para pô-lo à prova, pois já tinha em mente o que ia fazer.

  • |João 6:7| Filipe lhe respondeu: “Duzentos denários 36 não comprariam pão suficiente para que cada um recebesse um pedaço!”

  • |João 6:8| Outro discípulo, André, irmão de Simão Pedro, tomou a palavra:

  • |João 6:9| “Aqui está um rapaz com cinco pães de cevada e dois peixinhos, mas o que é isto para tanta gente?”

  • |João 6:10| Disse Jesus: “Mandem o povo assentar-se”. Havia muita grama naquele lugar, e todos se assentaram. Eram cerca de cinco mil homens.