• |1 Samuel 1:1| Havia certo homem de Ramataim, zufita 1, dos montes de Efraim, chamado Elcana, filho de Jeroão, neto de Eliú e bisneto de Toú, filho do efraimita Zufe.

  • |1 Samuel 1:2| Ele tinha duas mulheres: uma se chamava Ana, e a outra Penina. Penina tinha filhos, Ana, porém, não tinha.

  • |1 Samuel 1:3| Todos os anos esse homem subia de sua cidade a Siló para adorar e sacrificar ao Senhor dos Exércitos. Lá, Hofni e Finéias, os dois filhos de Eli, eram sacerdotes do Senhor.

  • |1 Samuel 1:4| No dia em que Elcana oferecia sacrifícios, dava porções à sua mulher Penina e a todos os filhos e filhas dela.

  • |1 Samuel 1:5| Mas a Ana dava uma porção dupla, porque a amava, apesar de que o Senhor a tinha deixado estéril.

  • |1 Samuel 1:6| E porque o Senhor a tinha deixado estéril, sua rival a provocava continuamente, a fim de irritá-la.

  • |1 Samuel 1:7| Isso acontecia ano após ano. Sempre que Ana subia à casa do Senhor, sua rival a provocava e ela chorava e não comia.

  • |1 Samuel 1:8| Elcana, seu marido, lhe perguntava: “Ana, por que você está chorando? Por que não come? Por que está triste? Será que eu não sou melhor para você do que dez filhos?”

  • |1 Samuel 1:9| Certa vez quando terminou de comer e beber em Siló, estando o sacerdote Eli sentado numa cadeira junto à entrada do santuário do Senhor, Ana se levantou

  • |1 Samuel 1:10| e, com a alma amargurada, chorou muito e orou ao Senhor.



Estude Mais